quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Cotidiano

Todo dia
levantar da cama,
abrir a janela,
tomar o café, 
sair para trabalhar.
Reparar no dourado do Sol
que brilha
de maneira espetacular.

(Ou, simplesmente,
a chuva observar)

Todo dia
sorrir, chorar, sei lá.
Cantar, falar, meditar.
Pensar?! Todo dia!

Todo dia 
conquistas a realizar:
A paz, 
momentos especiais,
uma história pra lembrar.

Todo dia
a missão de escrever
nesse caderno, tão particular,
uma página nova de vida
pra saborear.

Todo dia
deitar, dormir, sonhar,
para então,
no outro dia poder
recomeçar.
(2003)

Nenhum comentário:

Postar um comentário